Pular navegação

5 DICAS PARA INSERIR A MEDITAÇÃO MATINAL NA SUA ROTINA

16 Abr

Dicas práticas para incluir a prática da meditação na sua rotina matinal.

Em meio a um estilo de vida acelerado e intenso, a prática da meditação pode ser uma grande aliada para o cuidado com o bem-estar e a saúde mental. Com a técnica da meditação, é possível conduzir a mente para um espaço de calma e relaxamento, trazendo vários outros benefícios para quem a pratica. A inserção da meditação matinal na rotina ajuda a organizar a mente para o dia, e realizá-la logo cedo em jejum auxilia na concentração. Estes exercícios podem ser feitos no conforto da sua casa, e a linha Arezzo Home é perfeita para ser sua companheira nesta prática. Descubra abaixo algumas dicas práticas para inserir a meditação matinal no seu dia a dia.

COLOQUE NA AGENDA

Se é importante, está na agenda! Para conseguir tornar a prática um hábito, é muito importante reservar um momento para a meditação e torná-la um compromisso. Assim, fica mais fácil de conseguir manter esta prática em seu dia a dia. A dica é escolher um horário fixo logo cedo para começar o dia e definir qual será a frequência semanal, por exemplo: todas as segundas, quartas e sextas as seis da manhã. Dessa forma, a recompensa do bem-estar também se torna um hábito!

Combine com:

AMBIENTE

Para tornar a prática mais agradável é muito válido reservar um cantinho especial, e nada melhor que um espaço no conforto do seu lar. É importante que o ambiente seja tranquilo, calmo, relaxante e que você não seja interrompido. Vale separar umas almofadas, um espaço no sofá, no tapete, a única obrigatoriedade é o conforto!

Combine com:

ESTAR CONFORTÁVEL

Estar confortável é fundamental para a prática da meditação e vai além do ambiente. A postura ajuda nesse processo e você não precisa seguir a famosa posição de lótus para começar, é preciso encontrar alguma que você se sinta confortável! A postura correta é a que te permita não se mexer muito durante o tempo e ao mesmo tempo te relaxe, seja sentada, deitada, ou em pé. Para criar o estado de conforto, uma ótima dica é aliar os incensos a esta prática. Eles auxiliam no relaxamento e atraem boas energias ao ambiente.

Combine com:

CONCENTRAÇÃO E RESPIRAÇÃO

Uma das principais dificuldades para os iniciantes da prática é silenciar a mente, mas não foque nisso! Entenda que é um processo e tenha paciência, se os pensamentos surgirem, deixo-os vir e depois os deixe ir, sempre acompanhando sua respiração. E por falar em respiração, um dos princípios da meditação é que a mente e a respiração estejam unidas. Quando deixamos a respiração acalmar, a mente automaticamente relaxa. Então fique atento em sua respiração e aos poucos vá reduzindo o ritmo. Uma dica para começar é contar os segundos, por exemplo: quatro na inspiração e quatro na expiração.

Combine com:

PERSISTÊNCIA

Feito é melhor que perfeito! A constância é de grande importância e além de ajudar a tornar a prática um hábito, te permite evoluir. Quanto mais você praticar, mais fácil fica e é possível ir aprimorando a técnica. Tenha paciência com você e não deixa que a dificuldade te afaste de algo que te faça bem!

Combine com:


você também vai gostar